Trisul - Relações com Investidores Mobile
Diretoria e Conselho de Administração

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é o órgão de deliberação colegiada da Companhia, responsável pela formulação e monitoramento das políticas gerais de negócios, incluindo a estratégia de longo prazo. É responsável também, dentre outras atribuições, pela designação e supervisão da gestão dos Diretores da Companhia. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho de Administração é também responsável pela contratação dos auditores independentes.

O Conselho de Administração se reúne ordinariamente, 12 (doze) vezes por ano, com intervalo de um mês e, extraordinariamente, sempre que convocado por seu Presidente ou por seu Vice-Presidente. Todas as decisões do Conselho de Administração são tomadas pela maioria dos votos dos membros presentes a qualquer reunião.

De acordo com o Estatuto Social da Companhia, o Conselho de Administração deve ter, no mínimo, 5 e, no máximo, 9 membros, devendo cada qual ser necessariamente acionista da Companhia, muito embora não exista um limite mínimo de participação acionária para tanto. Os conselheiros são eleitos em Assembléia Geral, com mandato unificado de dois anos, podendo ser reeleitos e destituídos a qualquer momento por acionistas da Companhia reunidos em Assembléia Geral, devendo permanecer em seus cargos e no exercício de suas funções até que sejam eleitos seus substitutos, exceto se de outra forma for deliberado pela Assembléia Geral de Acionistas. De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, no mínimo 20% dos membros do Conselho de Administração deverão ser conselheiros independentes. Os novos conselheiros deverão ainda subscrever, previamente à sua investidura no cargo, termo de anuência dos administradores previsto no Regulamento do Novo Mercado.

Nome Posição Data da Eleição Término do Mandato
Michel Esper Saad Junior Presidente 27/04/2015 até AGOE 2017
Jorge Cury Neto Vice-Presidente 27/04/2015 até AGOE 2017
José Roberto Cury Conselheiro de Administração 27/04/2015 até AGOE 2017
Ronaldo José Sayeg Conselheiro de Administração 27/04/2015 até AGOE 2017
Raul Carlos Pereira Barreto Conselheiro Independente 27/04/2015 até AGOE 2017
Carlos Eduardo Parente de Oliveira Alves Conselheiro Independente 27/04/2015 até AGOE 2017

Michel Esper Saad Junior. Formado em Ciências Econômicas, em 1971, e Pós-Graduado em Administração de Empresas em 1974, pela Universidade Mackenzie. Atuou por 11 anos na Rainha - Indústria de Tênis, vendida em 1979 para Alpargatas, cuja atividade principal era Indústria de Calçados Esportivos, no cargo de Diretor Comercial, na qual tinha por função criar estratégias, formulação e análise de custos, implantação das políticas e diretrizes comerciais e econômicas da Companhia. É sócio fundador da companhia Incosul Incorporação e Construção Ltda., empresa do mesmo grupo econômico da Companhia, cuja atividade principal é a realização de empreendimentos imobiliários, na qual exerceu os cargos de Diretor de Incorporação e Diretor Comercial, tendo por função predominantemente estratégia política, determinando juntamente com a equipe gerencial a melhor forma para atingir os objetivos e metas pré-estabelecidas; responsável também pela formulação e implantação das políticas e diretrizes comerciais e econômicas, incluindo suas estratégias a longo prazo. Na qualidade de Presidente do Conselho de Administração, entre outras funções, é responsável pela contratação dos auditores independentes. Também na área imobiliária, é sócio fundador da Jardim Novo Mundo Construções e Empreendimentos Imobiliários S/C Ltda., Uniplan Empreendimentos Imobiliários Ltda. e Incopart Empreendimentos Imobiliários Ltda., empresas cuja atividade principal é a incorporação e construção imobiliária, na qual exerceu o cargo de Diretor-Presidente, tendo por função negociar as aquisições de novos terrenos, e também as participações societárias, bem como gerenciar as rotinas gerais de administração e de participações. Informou não haver qualquer condenação criminal, em processo administrativo da CVM ou qualquer outra condenação judicial ou administrativa que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de atividades profissionais e/ou comerciais.

José Roberto Cury. Formou-se em Engenharia Civil, em 1983, pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie e concluiu o Curso Intensivo de Administração para Executivos pela Fundação Getulio Vargas em 1986. É sócio fundador da Tricury Construções e Participações Ltda, empresa do mesmo grupo econômico da Companhia, cuja atividade principal é a realização de empreendimentos imobiliários, na qual exerceu o cargo de Diretor. É também sócio fundador do Banco Tricury S/A, cuja atividade principal é crédito para médias empresas, na qual exerce o cargo de Diretor-Presidente. É membro da ADEVAL - Associação da Empresas Distribuidoras de Valores, cuja atividade principal é entidade de classe - Mercado Financeiro de Capitais, na qual exerce o cargo de 2° Vice-Presidente. Além disso, já atuou na mesma empresa como Conselheiro Consultivo, de 1989 a 1997, e como Diretor para Assuntos Jurídicos de 1997 a 2001. Atua, ainda, na Fundação ABBC - Associação Brasileira de Bancos, cuja atividade principal é entidade de classe, no cargo de membro da Diretoria, e na MERCAPREV - Fundo de Pensão Multipatrocinado das Instituições do Mercado Financeiro e de Capitais, cuja principal atividade é instituir planos privados de concessão de benefícios complementares ou assemelhados aos da Previdência Oficial, no cargo de Suplente do Conselho de Patrocinadoras. Informou não haver qualquer condenação criminal, em processo administrativo da CVM ou qualquer outra condenação judicial ou administrativa que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de atividades profissionais e/ou comerciais.

Jorge Cury Neto. Formou-se em engenharia civil, em 1983, pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie e, no mesmo ano, concluiu o Curso Intensivo de Administração para Executivos pela Fundação Getúlio Vargas. Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: (i) atuou no SECOVI-SP (Sindicato da Habitação), organização cuja atividade principal é representar as empresas atuantes no mercado imobiliário em âmbito nacional, no cargo de Diretor, na qual tinha por função ser o Conselheiro Técnico voltado para o Sistema Financeiro Habitacional; (ii) foi sócio fundador da companhia Tricury Construções e Participações Ltda., onde atuava como Diretor Técnico responsável por todas as obras, negociações e aquisições dos terrenos das incorporações. Atualmente, exerce os cargos de Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Companhia.

Ronaldo José Sayeg. Formou-se em Direito pela Faculdade Metropolitana Unidas, em 1973. Foi sócio fundador da Incosul Incorporação e Construção Ltda., empresa do mesmo grupo econômico da Companhia, cuja principal atividade é a realização de empreendimentos imobiliários, na qual exerceu o cargo de Diretor Administrativo, abrangendo a administração dos departamentos Jurídico e de Suprimentos. Também na área imobiliária, foi sócio fundador e atuou na Cerro Corá Empreendimentos Imobiliários S/C Ltda., Uniplan Empreendimentos Imobiliários Ltda. e Incopart Empreendimentos Imobiliários Ltda., empresas cuja principal atividade é o desenvolvimento de empreendimentos imobiliários, no cargo de membro da Diretoria, tendo por função gerenciar as rotinas gerais de administração. Informou não haver qualquer condenação criminal, em processo administrativo da CVM ou qualquer outra condenação judicial ou administrativa que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de atividades profissionais e/ou comerciais.

Raul Carlos Pereira Barreto. Possui a seguinte experiência profissional (i) atuou no Grupo La Fonte (Metalúrgica La Fonte e Carvalho Meira Com.), no cargo de Diretor Financeiro; (ii) atuou no Banco Finasa de Investimento, instituição financeira na qual exerceu o cargo de Sub Chefe do Departamento de Captação, tendo por função a captação de recursos; (iii) atuou na Finasa DTVM e Finasa CCVM, instituições financeiras nas exerceu o cargo de Diretor, tendo por função, a gerência geral de ambas as instituições; (iv) atuou no Banco Finasa de Investimento, instituição financeira na qual exerceu os cargos de Diretor Gerente e de Diretor Vice Presidente, tendo por função, a gerência geral de referida instituição; (v) atuou no Banco Mercantil, instituição financeira na qual: (a) integrou as Diretorias vinculadas a Tesouraria, Administração de Recursos de Terceiros e Open Market, tendo por função a gestão de tesouraria e Open Market; (b) exerceu ainda os cargo de Diretor Vice-Presidente, de Diretor Vice-Presidente Executivo e de Diretor Vice-Presidente Sênior, tendo por função a gerência das áreas de produção e de empréstimos, e também, a gerência sobre as áreas de estratégia; (vi) atuou na Febraban (Federação Brasileira de Bancos), instituição na qual ocupou o cargo de Membro do Conselho, Diretor do Conselho e Presidente do Comitê de Ética. Atualmente, além de ser autorizado pela CVM à Gestão de Recursos de Terceiros, exerce as seguintes atividades: (i) é sócio e Diretor-Presidente da Barra Funda Serviços e Participações Ltda, empresa cuja atividade principal é exploração nas áreas de estacionamento e imobiliárias; (iii) é sócio e Diretor-Presidente da PBF-Consultoria de Investimentos Ltda., cuja atividade principal é a prestação de serviços de consultoria financeira, tendo por função a consultoria financeira; (iv) é sócio e Diretor-Presidente da SP Banco de Fomento Mercantil e Consultoria Ltda., tendo por função a gerência geral da empresa. Informou não haver qualquer condenação criminal, em processo administrativo da CVM ou qualquer outra condenação judicial ou administrativa que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de atividades profissionais e/ou comerciais.

Carlos Eduardo Parente de Oliveira Alves. Formou-se em Engenharia de Produção em 1996, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Entre o período de 1998 a 2003 atuou na Odebrecht, Shell Brasil, Banco UBS - Rio de Janeiro e Nova Iorque. Em 2003 tornou-se sócio e gestor de renda variável na Polo Capital, onde continua suas atividades.

Diretoria Executiva

Os Diretores da Companhia são seus representantes legais, responsáveis, principalmente, pela administração cotidiana da Companhia e pela implementação das políticas e diretrizes gerais estabelecidas pelo Conselho de Administração.

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, cada membro da Diretoria deve ser residente no Brasil, podendo ser acionista ou não. Além disso, no máximo um terço dos membros do Conselho de Administração poderão ocupar cargos na Diretoria.

Os Diretores são eleitos pelo Conselho de Administração da Companhia com mandato de 2 anos, permitida a reeleição e podendo, a qualquer tempo, serem por ele destituídos, devendo permanecer no cargo até a posse dos novos diretores.

O Estatuto Social da Companhia dispõe que a Diretoria será composta por no mínimo 2 e no máximo 7 membros, sendo designados: Diretor Presidente, Diretor Vice Presidente Financeiro, Diretor Técnico, Diretor de Relações com Investidores, Diretor Administrativo, Diretor de Novos Negócios e Diretor de Incorporação. De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, os novos diretores deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, termo de anuência dos administradores previsto no Regulamento do Novo Mercado.

Diretores Cargo Data de eleição Término do mandato
Jorge Cury Neto Diretor Presidente 14/05/2014 até RCA 2016
Fernando Salomão Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 14/05/2014 até RCA 2016

Jorge Cury Neto. Formou-se em engenharia civil, em 1983, pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie e, no mesmo ano, concluiu o Curso Intensivo de Administração para Executivos pela Fundação Getúlio Vargas. Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: (i) atuou no SECOVI-SP (Sindicato da Habitação), organização cuja atividade principal é representar as empresas atuantes no mercado imobiliário em âmbito nacional, no cargo de Diretor, na qual tinha por função ser o Conselheiro Técnico voltado para o Sistema Financeiro Habitacional; (ii) foi sócio fundador da companhia Tricury Construções e Participações Ltda., onde atuava como Diretor Técnico responsável por todas as obras, negociações e aquisições dos terrenos das incorporações. Atualmente, exerce os cargos de Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Companhia.

Fernando Salomão. Formou-se em Engenharia de Produção em 1980 pela Escola Politécnica de São Paulo da Universidade de São Paulo, e em 1982, obteve pós-graduação em Administração de Empresas pelo CEAG/Fundação Getúlio Vargas. Nos últimos 05 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: (i) atuou na Incosul Incorporação e Construção Ltda., empresa do mesmo grupo econômico da Companhia cuja atividade principal é a realização de empreendimentos imobiliários, no cargo de Diretor Administrativo Financeiro, na qual tinha por função administrar o fluxo de caixa e a tesouraria da empresa. Atualmente, exerce o cargo de Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Companhia.

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal é um órgão independente da administração e da auditoria externa da Companhia. A responsabilidade principal do Conselho Fiscal é fiscalizar os atos dos administradores e analisar as demonstrações financeiras, relatando suas observações aos acionistas.

O Conselho Fiscal da Companhia é de funcionamento não permanente, mas pode ser instalado em qualquer exercício social caso haja requisição por parte de acionistas, como descrito abaixo. Atualmente a Companhia possui um Conselho Fiscal instalado de acordo com a Assembléia Geral Ordinária de 30/04/2012.

Sempre que instalado, o Conselho Fiscal será constituído por 3 membros e suplentes em igual número. Conforme o Estatuto Social da Companhia, os membros do Conselho Fiscal deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, termo de anuência dos membros do Conselho Fiscal previsto no Regulamento do Novo Mercado. Nos termos da Lei das Sociedades por Ações, quando seu funcionamento não é permanente, o Conselho Fiscal poderá ser instalado pela Assembléia Geral, a pedido de acionistas que representem, no mínimo, 4% das ações ordinárias, com mandato até a primeira Assembléia Geral Ordinária seguinte à sua instalação. Este percentual após a Oferta será de 2% do capital social votante, nos termos da Instrução n° 324, de 19 de janeiro de 2000 da CVM. Adicionalmente, os acionistas minoritários que representem, no mínimo, 10% das ações ordinárias têm direito de eleger separadamente um membro do Conselho Fiscal e seu suplente, e os demais acionistas poderão eleger um membro a mais que o número total de membros eleitos pelos minoritários.

O Conselho Fiscal não pode ter membros que façam parte do Conselho de Administração, da Diretoria ou do quadro de colaboradores de uma controlada ou de uma empresa do mesmo grupo, tampouco um cônjuge ou parente até o terceiro grau de administrador da Companhia. Além disso, a Lei das Sociedades por Ações exige que os membros do Conselho Fiscal recebam, a título de remuneração, no mínimo, 10% da média da remuneração paga aos Diretores, excluindo benefícios, verbas de representação e participações nos lucros e resultados.

Nome Posição Data da Eleição Termino Mandato
Silvio Cláudio Peixoto de Camargo Membro Efetivo 14/04/2014 até AGOE 2015
Raquel Cristina Tedesco Membro Efetivo 14/04/2014 até AGOE 2015
Márcio Alvaro Moreira Caruso Membro Efetivo 14/04/2014 até AGOE 2015
Rodrigo Gomes Coelho Membro Suplente de Raquel CristinaTedesco 14/04/2014 até AGOE 2015
Luciano Douglas Colauto Membro Suplente de Marcio Alvaro Moreira Caruso 14/04/2014 até AGOE 2015
André Pines Membro Suplente de Silvio Cláudio Peixoto de Camargo 14/04/2014 até AGOE 2015

Silvio Cláudio Peixoto de Camargo. Graduado em Administração pela FGV. MBA em Finanças Corporativas pelo INSPER. Nos últimos 19 anos, teve as seguintes experiências profissionais: Atuou como Analista de Investimentos nos Bancos Alfa e Tendência; Atuou como Operador e consultor para clientes estrangeiros no Banco Fator; Gerente e Consultor para clientes institucionais pelo Banco Santander; Foi sócio-fundador do Hedging Griffo Evolution Fund; Atuou como Gestor de Recursos na GP Investments; Atuou como Sócio Gestor na Fidúcia Ruby Long Only Equity Fund e G5 Equities. Atualmente é sócio na Managrow Consultoria Estratégica.

Raquel Cristina Tedesco. Possui graduação em Engenharia de Produção Mecânica pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI) e pós graduação pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC-SP) no curso de MBA Executivo em Finanças. Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: atua na Caixa Econômica Federal, empresa pública voltada ao desempenho de atividades financeiras, no cargo de Gerente Operacional da área de Fundos Especiais, na qual tem por função a estruturação e gestão de Fundos de Investimento em Participações (FIP’s), Fundos de Investimento Imobiliários (FII´s) e Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC´s), bem como o desenvolvimento de operações estruturadas de debt e equity. Além disso, já atuou na Vice-Presidência de Ativos de Terceiros da mesma instituição.

Marcio Alvaro Moreira Caruso. Possui graduação e pós-graduação em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (EAESP/FGV). Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: (i) atua na Almeida Prado, Paes, Caruso e Colauto Consultoria Empresarial Ltda., empresa voltada à consultoria empresarial, na área fiscal-financeira, no cargo de consultor na área fiscalfinanceira; (ii) atua na Santa Elisa S.A., holding familiar, com participação em empresas de bens de capital e do setor sucroalcooleiro, no cargo de membro do Conselho de Administração; (iii) atuou na Santelisa Vale S.A., empresa cuja atividade principal é a fabricação e comercialização de açúcar, álcool e energia elétrica, nos cargos de membro do conselho de administração e participante do comitê de auditoria; (iv) atuou na Abyara S.A., empresa cuja atividade principal é a incorporação imobiliária, no cargo de membro do conselho fiscal. Além disso, possui participação em diversos cursos nas áreas contábil, tributária e financeira e já atuou na Arthur Andersen, empresa cuja atividade principal era a prestação de serviços de auditoria e consultoria empresarial, no cargo de consultor na área fiscal-financeira.

Rodrigo Gomes Coelho. Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e MBA em Finanças Corporativas pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: atuou na Caixa Econômica Federal, empresa pública voltada ao desempenho de atividades financeiras, no cargo de Gerente de Relacionamento Empresarial, na qual tinha por função a prestação de serviços de assessoria financeira a empresas. Atualmente, trabalha com operações estruturadas de aquisição de debêntures na Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros da mesma instituição. Além disso, já atuou na Sul América Seguros S.A., empresa do ramo de seguros, na qual exercia as funções de treinamento de equipes e gestão da qualidade.

Luciano Douglas Colauto. Possui graduação em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (EAESP/SP) e em Direito pela Universidade de São Paulo. Nos últimos 5 (cinco) anos, teve as seguintes experiências profissionais: atua na Almeida Prado, Paes, Caruso e Colauto Consultoria Empresarial, cuja atividade principal é a prestação de serviços de consultoria empresarial, no cargo de sócio-diretor, na qual tem por função a prestação de serviços de consultoria tributária, financeira e societária. Além disso, ao longo de sua carreira, já atuou nas seguintes empresas: Arthur Andersen, empresa cuja atividade principal era a prestação de serviços de auditoria e consultoria empresarial, no cargo de consultor, na qual tinha por função a prestação de serviços de consultoria na área fiscal-financeira; e Nordeste Química S.A. - NORQUISA, empresa voltada à fabricação de produtos químicos, no cargo de conselheiro fiscal.

André Pines. Graduado em Engenharia de Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC RJ. Pós Graduado pela Fundação Getúlio Vargas FGV-RJ. Nos últimos 10 (dez) anos, teve as seguintes experiências profissionais: Atuou como Controller na empresa Degussa Dental Brasil; Atuou como responsável pelas áreas de Compliance, administrativa, TI, Jurídica e processamento na empresa Fiducia Asset Management. Desde 2005 atua como sócio, responsável pela área de operações e administrativa na Polo Capital Ltda.


Fale com RI

Telefone:
+55 11 3147-0134
E-mail:
ri@trisul-sa.com.br

©2015 Trisul - Todos os direitos reservados.